quarta-feira, 3 de agosto de 2011


Ronaldinho e Montillo entram em campo para 'encantar' duelo entre Flamengo e Cruzeiro

Artilheiro do Brasileiro, Ronaldinho tenta levar a melhor sobre Montillo, algoz do Fla

Artilheiro do Brasileiro, com nove gols, Ronaldinho Gaúcho é mais uma vez a esperança rubro-negra para emplacar a terceira vitória consecutiva na competição. Após vencer o duelo particular com Neymar, em uma partida épica entre Santos e Flamengo, chegou a vez de o camisa 10 da Gávea enfrentar Walter Montillo, goleador do Cruzeiro, com três gols a menos, carrasco do clube carioca e que preocupa o técnico Vanderlei Luxemburgo.
  • Fernando Pilatos/UOL
    Léo Moura espera que Ronaldinho desequilibre com o Cruzeiro como fez contra o Santos, de Neymar
Ao dizer que Ronaldinho e Montillo podem “encantar” a partida, o técnico celeste Joel Santana resume a expectativa que a presença dos camisas 10 gera ao confronto, válido pela 14ª rodada do Brasileirão, nesta quarta-feira, às 21h50, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. “Bom, se os dois estiverem no dia deles, vão encantar ainda mais o jogo, vão trazer coisas diferentes, pois são dois jogadores que sempre trazem um algo mais, do futebol bem jogado, da classe, da técnica, da improvisação”, ressaltou.
Experiente e jogador mais antigo no elenco do Flamengo, o lateral-direito Léo Moura considera normal o confronto entre Cruzeiro e Flamengo se transformar em um duelo particular entre os dois camisas 10. “Acompanhamos o futebol há bastante tempo e sempre torcemos para que o Ronaldinho chegasse a esse nível. Ele não foi eleito duas vezes o melhor do mundo à toa”, comentou.
“É lógico que carrega uma responsabilidade maior e as pessoas esperam muito dele. Vamos ajudá-lo de todas as formas para que possa vencer mais esse duelo contra o Montillo. Mas é importante deixar claro que o jogo é uma disputa entre os dois clubes”, complementou.

MONTILLO LEVA VANTAGEM NAS ESTATÍSTICAS EM RELAÇÃO A RONALDINHO GAÚCHO

De acordo com levantamento do Datafolha, Montillo aparece entre os 10 primeiros jogadores em seis aspectos estatísticos diferentes, enquanto Ronaldinho Gaúcho figura na metade. O astro flamenguista é o quarto colocado entre os finalizadores, com 3,3, em média, por partida, enquanto o argentino do Cruzeiro aparece na 9ª posição, com 3,2. No quesito 'donos da bola', Montillo é o 7º, com 35 bolas recebidas em média por jogo, já Ronaldinho fecha o ranking, com 34,2.
Entre os caçados pelos marcadores adversários, Montillo é o 8º, com 3,1 faltas sofridas por compromisso, enquanto o camisa 10 do time carioca é o 10º, com 2,9. Em outros três itens, só o jogador celeste aparece entre os 10 melhores. Montillo é o 7º maior driblador, acumulando 3,7 dribles, em média por jogo, sendo 3,1 certos e 0,6 errados, e também entre os garçons, com 1,1. Já no item 'reis do chuveirinho', o argentino é o segundo jogador que mais cruza no Brasileiro, com média de 11,2 por partida.
Os 14 gols na temporada e a conquista do título estadual invicto somam-se as boas atuações na competição nacional e a esperança de alcançar o quanto antes o topo da tabela. O meia Renato Abreu percebe um Ronaldinho mais solto após o período de críticas recebidas.
“Acho que a todo o momento o Ronaldinho pode promover uma surpresa. As fases mudam no futebol. Hoje ele está vivendo um momento muito bom. Isso é graças ao grupo que também o ajudou em um momento difícil. Um ou outro vai sobressair, mas o importante é saber que o grupo está unido nessas horas”, ponderou.
Algoz rubro-negro
Decisivo na eliminação do Flamengo na Libertadores do ano passado, quando jogava pela Universidad de Chile, Montillo destacou-se nas duas vitórias do Cruzeiro no último Campeonato Brasileiro. Nos seis jogos em que o argentino atuou contra o rubro-negro carioca, os times defendidos por ele venceram quatro e houve um empate. A única derrota por 2 a 1, foi exatamente no jogo que eliminou o Flamengo, quando o meia fez o gol da classificação da Universidad.
  • Alexandre Loureiro/Vipcomm
    Joel Santana espera que Montillo e Ronaldinho estejam inspirados para que seja um bom jogo
“Ano passado joguei muitas vezes contra o Flamengo e, por sorte, deu tudo certo. Agora é outro ano, outro jogo, eles estão muito bem. Temos que ganhar o jogo porque estamos longe do G4 ainda, e mais longe de brigar pelo título”, ressaltou o camisa 10 do Cruzeiro.
Ele pregou respeito, mas descarta preocupação em relação ao camisa 10 rubro-negro. “O Ronaldinho está numa boa fase, temos que respeitar, mas o Cruzeiro é time grande, que tem que ganhar também. Então é clássico, jogo de time grande. Estamos a nove pontos deles. Ainda tem muito torneio”, destacou.
Para Montillo, o meia atacante do Flamengo está passando uma fase muito boa. “É um jogador que se deixar um metro dentro de campo pode decidir. Ele é diferenciado. Por onde passou deixou sua marca. E no Brasileiro é o artilheiro. Marcou três vezes contra o Santos”, enalteceu. Nessa partida, citada pelo meia argentino, o Flamengo venceu o time santista por 5 a 4, na Vila Belmiro, depois de estar perdendo por 3 a 0.

Nenhum comentário:

Postar um comentário