sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Love chora de emoção em sua volta ao Flamengo

Atacante mostra sua paixão pelo clube em sua apresentação: 'Para vestir essa camisa tem que amar. E eu amo esse clube"


Bruno Braga
Publicada em 27/01/2012 às 11:35
Rio de Janeiro (RJ)
No nome o Vagner Love carrega o sentimento mais nobre que um ser humano pode ter. E na sua volta ao Flamengo, na manhã desta sexta-feira, o atacante mostrou que não foi à toa que o apelidaram desta forma. Emocionado ao vestir a camisa 99 do clube de seu coração, o jogador demonstrou muita emoção ao chorar e mostrou o quanto gosta do Rubro-Negro, cena rara nos tempos de hoje do futebol.

- Eu tinha prometido que não ia chorar. Não consigo. Que emoção (interrompeu emocionado). Eu queria agradecer muito a Deus por estar aqui. Agradecer as pessoas que lutaram para que isso acontecesse. Foi difícil para c... mas nós conseguimos vencer a guerra. Queria agradecer a minha família. Minha vontade de vir era muito grande. Às vezes eu brigava com os russos e minha família que me aguentava - disse Vagner Love.
A dificuldade em convencer os russos tornou a chegada do jogador ainda mais importante. Muitos torcedores acompanharam a coletiva do Vagner Love e cantaram por diversas vezes: "O Love voltou". O atacante foi o principal aliado do Flamengo nas tratativas com os russos. Com a voz embargada, Love explicou o porquê de tanto esforço para voltar a jogar no clube de coração.

- É um sonho meu de criança que eu consegui realizar em 2010.. É um sentimento semelhando ao do nascimento do meu filho. Para vestir essa camisa tem que amar e eu amo esse clube. Tive seis meses em 2010, agora eu tenho quatro, cinco. Se eu puder eu morro aqui. Um prazer e vestir essa camisa. Eu sei que as pessoas de foram passam. Vou estar representando o torcedor que deixa de comprar o leite. Se depender de mim, vou batalhar para o Flamengo conquistar. Eu quero entrar para história desse clube e vou entrar.
E quanto fala do seu amor pelo clube, não é da boca para fora. Em seu cordão de ouro exibiu um pinginte com o escudo do Flamengo. O recém contratado fez questão de mostrar a frase no verso de uma camisa do clube: "31.11.12. Eu já sabia".

- Espero não só com Ronaldinho, mas todos do elenco. Vim para dar o meu melhor. Tenho certeza que o momento que eu ia começar a treinar, essa parceria com Ronaldinho vai dar certo. Tenho certeza que essa parceria vai dar certo - explicou o atacante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário