quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Egito: Primeiro-ministro acaba com federação de futebol


Galeria - Conflito entre torcedores no Egito (Foto: Reuters)Batalha campal entre torcedores no Egito (Foto: Reuters)


Publicada em 02/02/2012 às 12:14
Cairo (EGI)

O primeiro-ministro Kamal el-Ganzouri tomou medidas drásticas à luz da tragédia no Egito, que vitimou pelo menos 74 pessoas, durante confronto entre duas torcidas: dissolveu a Federação de Futebol local e demitiu o Ministro dos Esportes.

El-Ganzouri anunciou as medidas durante sessão extraordinária do Parlamento, após mais uma batalha campal.

Além disso, segundo o primeiro-ministro, os membros da Federação Egípcia serão processados e serão questionados, podendo até ser presos.

O chefe de polícia de Port Said e o governardor da mesma província pediram demissão de seus cargos e também podem ser encarceirados.

FIFA PODE ENTRAR NA POLÊMICA

Com a intervenção do governo na Federação local, a Fifa, que não permite qualquer tipo de ação governamental nas organizações de futebol locais, pode suspender o Egito indefinitivamente das competições internacionais.



Nenhum comentário:

Postar um comentário